x
Obrigado por se inscrever!
RECEBA

Hirsutismo

O que é?
O hirsutismo é caracterizado pelo crescimento excessivo de pelos terminais em topografia tipicamente masculina. Difere portanto da hipertricose, que é o excesso de pelos localizados em regiões onde a mulher normalmente os têm.

Como é?

Os pelos apresentam seu crescimento na dependência de hormônios produzidos pelo organismo. Esses hormônios agem no folículo piloso fazendo com que eles cresçam. Apenas a testosterona (hormônio masculino), que se encontra na forma livre no organismo, é capaz de atuar junto ao folículo piloso e promover o crescimento deles. Assim, o hirsutismo pode aparecer na presença aumentada dos hormônios androgênios (hormônios masculinos presentes também nas mulheres) devido ao aumento da sensibilidade dos receptores a estes hormônios ou pela alteração no transporte deles no organismo, fazendo com que aumente a fração livre do hormônio circulante.

Portanto, mesmo com a taxa de hormônios masculinos dentro do limite da normalidade, pode haver crescimento dos pelos graças a uma sensibilidade maior do folículo piloso.

Uma situação curiosa é a da mulher durante a menopausa. Em geral ocorre o que chamamos de aumento relativo dos hormônios masculinos, ou seja, a taxa total está normal, mas se comparadas com as taxas de hormônios femininos, que estão diminuídas nesse período, vê-se que os hormônios masculinos estão aumentados. Assim podem aparecer alguns pelos principalmente na face dessas mulheres.

Tratamento
Varia de acordo com a causa. Na maioria das vezes a terapia medicamentosapode ser associada a tratamentos estéticos como depilação a laser.

Fonte: medicinanet


Se interessou por essa solução?

Tire suas dúvidas marcando sua consulta presencial.
Ligue para 17 4009-5500 ou escreva para derm@derm.com.br