Procure um Médico

Abaixo à gordura localizada

19 de agosto de 2019

Nova tecnologia sem cirurgia para homens e mulheres

Novidades não faltam para eliminar a gordura localizada, combater a celulite e reduzir a flacidez. Além do combinado infalível de dieta e atividade física para emagrecer de maneira efetiva e saudável, algumas soluções em tratamentos dermo-estéticos ajudam a dar aquele empurrãozinho na hora de melhorar o contorno corporal. A gordura localizada pode estar na “papada”, na parte interna de braços e coxas, no culote, no abdome, no dorso (pneus e dobras do sutiã), nos flancos e em outras partes do corpo. Para atenuar esses problemas estéticos, uma nova tecnologia foi desenvolvida em Harvard, aprovada pelo FDA americano e pela Anvisa no Brasil.

O equipamento mundialmente consagrado, com mais de seis milhões de tratamentos realizados e considerado o mais avançado protocolo contra gordura localizada, utiliza um sistema de congelamento com temperaturas abaixo de -2°C, o que possibilita a quebra das células de gordura com eficiência. O resfriamento é controlado com dispositivos de segurança e promove o fracionamento das células de gordura resfriadas, permitindo que os pequenos fragmentos residuais que faziam parte da massa de gordura localizada sejam absorvidos com maior facilidade. O processo de eliminação das partículas de gordura dura até seis meses depois da aplicação. Mas ao contrário de aparelhos estéticos, nos quais só ocorre um resfriamento e a necessidade de várias sessões e sem a quebra das células gordurosas, esse sistema médico é realizado com uma sessão única em cada região. O frio impede a formação de hematomas, preservando as estruturas adjacentes à gordura localizada, como nervos e músculos.

Funcionamento

Por meio de ventosas adequadas a cada área do corpo, ocorre uma sucção, sem qualquer dano para a pele. O efeito é gradativo a partir de 30 dias e o resultado final é notado de 2 a 3 meses, com redução de camada de gordura acima de 27% após 6 meses de tratamento.

Contudo, isso não é o motivo para abusar das calorias. Mas a gordura dos alimentos ingerida depois do procedimento não foi tratada pelo aparelho e pode substituir a camada adiposa eliminada pelo tratamento. Dessa forma, o único jeito de impedir a formação de um novo deposito de gordura é controlando a alimentação e praticando exercícios.

Mas se você não gostou muito de ter de esperar um mês para ver os resultados desse revolucionário tratamento, considerada uma lipoaspiração não invasiva, saiba que sessões de drenagem linfática semanais podem reduzir esse período. Enquanto para a celulite a associação de tecnologias de radiofrequência, infravermelho, ultrassom e massagem mecânica e manual ainda é a formula de sucesso, a flacidez tem no sistema robótico, na radiofrequência e nos moduladores de colágeno injetáveis as opções mais indicadas e com melhores resultados.

Posted in Artigos Dr. João Carlos Pereira by Dr. João Carlos Pereira | Tags: ,