Procure um Médico

Use o sol a seu favor!

28 de abril de 2017

Dizem que o sol é o maior inimigo da pele. Mas não é bem assim. O problema não é o sol, mas a forma pela qual as pessoas se expõem a ele.  Na medida certa o sol pode trazer benefícios à saúde mas, caso contrário, pode causar danos irreparáveis que inicialmente causam fotoenvelhecimento e com a possibilidade de câncer de pele no futuro.

Os benefícios

Um dos benefícios do sol é que ele traz energia que se converte em euforia ou seja, um antidepressivo natural. Todos sabem que nenhum desânimo resiste a um dia ensolarado. Estudos científicos comprovam que existe uma relação entre a falta de luz solar e excesso de irritabilidade, depressão e insônia. Mas o maior benefício é a produção de vitamina D também conhecida como calciferol.

Além de proteger das doenças coronárias, a vitamina D tem papel fundamental no processo de produção da proteína que absorve o cálcio do organismo e tem o poder de acumular esta substância e também o fósforo. Que são necessários para o fortalecimento dos ossos, principalmente para os jovens (favorecendo o crescimento) e dos idosos que geralmente apresentam uma deficiência de vitamina D. Nas mulheres, ela combate a osteoporose fortalecendo os ossos. A vitamina D também diminui a chance de problemas reumáticos e ainda causa uma aparência saudável, principalmente no rosto.

Seguindo alguns cuidados, o sol pode se tornar nosso amigo.

Os malefícios

A exposição prolongada e repetida da pele ao sol causa o envelhecimento além de predispor a pele ao surgimento do câncer. Os primeiros sinais são a mudança de textura da pele que se torna mais seca e áspera. Depois começam a surgir as primeiras manchas, tipo sardas de cor castanho clara que vão evoluindo para manchas do tamanho de um confete principalmente na face, braços e dorso das mãos. Associadamente também observam-se as rugas superficiais na área dos olhos e na região frontal que evoluem para rugas profundas nestas mesmas áreas. E se formam também na lateral da face e ao redor da boca.

Manchas muito pigmentadas tipo marrom escuras, ásperas e elevadas com aspecto de verrugas. E que também que provocam sangramento a qualquer trauma e feridas que não cicatrizam. Sendo assim se encontram numa fase mais avançada e são suspeitas de um possível câncer de pele devendo ser examinadas por um dermatologista. Embora não tenha uma relação direta com  sol, as pintas escuras que ultrapassam ½ cm de diâmetro e que alteram sua forma e cor, também devem ser avaliadas por um especialista.

Tomando-se certos cuidados, os efeitos danosos do sol podem ser atenuados. Aprenda como proteger sua pele da radiação solar.

  • Use sempre um filtro solar com fator de proteção solar (FPS) igual ou superior a 30, aplicando-o generosamente nas áreas expostas pelo menos 20 minutos antes de se expor ao sol e sempre reaplicando-o após contato com água ou transpiração excessiva. Exposições prolongadas exigem uma proteção maior. Use sempre filtros ou bloqueadores solares com FPS (fator de proteção solar) acima de 50 (50, 60, 70, 90) . Saiba que quanto mais clara é a pele, maior deve ser o FPS.
  • Atenção!

  • No caso de exposições prolongadas, nunca use filtro solar abaixo do FPS 60 e repasse o produto a cada duas horas nas áreas expostas (nuca, lateral da face e do pescoço, face, couro cabeludo (calvos). Mesmo usando chapéu, decote, braços,  dorso das mãos, pernas e tornozelos (quando usar bermudas). Porque o tempo de exposição solar é prolongado e normalmente os jogos acontecem nos períodos inadequados para exposições solares. Lembre-se que o suor remove o filtro com facilidade. Neste caso repasse o produto com maior frequência.
  • Use chapéus que bloqueiem ao máximo a passagem do sol. Mesmo assim use o filtro solar pois parte da radiação ultra-violeta reflete-se na grama, areia, pedra, asfalto atingindo a pele. No período entre 10 e 15h o calor é mais intenso. Com a pele aquecida, a microcirculação cutânea se dilata, a pele fica mais vermelha e a ação dos raios UV são danosos não só para a pele mas também para estes microvasinhos. Por isso este período é mais danoso ao complexo cutâneo. Evite exposições neste horário ou, se for inevitável, proteja-se mais. O guarda-sol, apesar de desconfortável para carregar, é um excelente acessório principalmente durante as caminhadas no campo.
  • Alimentação adequada do início do dia (café da manhã) também ajuda na fotoproteção. As frutas possuem o betacaroteno  que funciona aumentando a pigmentação da pele e as vitaminas  A e C, e as castanhas ricas em vitamina E e ômegas 3 e 6 e minerais. Eles atuam como poderosos antioxidantes contra os radicais livres formados pelos raios solares. Ex: mamão, laranja, cenoura, beterraba, manga, morango, tomate, amêndoas, castanha do pará (rica em selênio), nozes e castanha de caju.
  • A grande maioria dos cânceres de pele localizam-se na face e áreas expostas.  Proteja-as sempre. Não esqueça de proteger os lábios, orelhas, pescoço e decote, locais afetados e ignorados na hora de passar o filtro.
  • Se existem manchas na pele que estão se modificando, formam “cascas” na superfície, sangram com facilidade, feridas que não cicatrizam ou lesões de crescimento rápido, procure um dermatologista.
  • Sendo assim faça uma visita anual ao dermatologista para avaliação de sua pele e tratamento de eventuais lesões suspeitas.

 

Posted in Blog by admin | Tags: , , , ,